Câmara homenageia o ex-vereador Edson Noleto
09/05/2019 08:52 em Locais

BREVE RELATO DA VIDA
DE EDSON SANTANA NOLÊTO


        Edson Santana Nolêto nasceu em São João dos Patos, no dia 11 de janeiro de 1945.  Filho de Raul Nolêto de Sá e Eurides Santana Nolêto.
    Na sua vida estudantil, Edson era ativo participante do Grêmio Lítero Recreativo Padre José Maria de Vasconcelos, vinculado ao então Ginásio Patoense onde ele estudava, embrenhando-se nas causas estudantis e da juventude.


    Sempre se preocupou com a informação precisa dos fatos e procurava se atualizar constantemente, cultivando, também por isso, o gosto pela leitura.
    Apaixonado por futebol e pelo time da Estrela Solitária, deu parcela significativa para o esporte de nossa terra, inclusive fundando e mantendo às suas expensas, o Botafogo Futebol Clube, que ativamente participava de campeonatos no âmbito municipal. Também incentivava o futebol feminino, levando time seletivo para as disputas intermunicipais.


    Trabalhou com representação de vendas e com o comércio de seguimentos variados. Era proprietário da Ótica Patoense.


    Conhecedor da retórica, exercia a oratória com fluidez, quer fosse nos palanques de campanha, na tribuna da Câmara Municipal ou onde houvesse um evento social em que necessitasse de sua palavra.


    O seu engajamento nas causas políticas, o fez concorrente ao legislativo municipal. No ano de 1983, iniciou seu primeiro mandato como Vereador, que perdurou até o ano de 1986. Foi reconduzido ao segundo mandato, de 1987 a 1991 e, ainda, ao terceiro mandato que durou de 1992 a 1995. Ainda assumiu o cargo de vereador no período de setembro de 2011 a abril de 2012. Exerceu também o cargo de Secretário Municipal de Cultura.
    Necessitando de cuidados especiais em função de enfermidade cardíaca, afastou-se da vida pública. Mais tarde, acometido por um AVC, ficou com os movimentos comprometidos, limitando-se, pela dependência, a cuidados mais intensos.


    Deixa cinco filhos, já capazes de seguirem seus próprios caminhos e, com a missão cumprida aqui na terra pelo tempo que Deus a ele destinou, parte para a pátria celeste, para receber o abraço definitivo do Divino Pai Eterno, cessando suas dores, suas inquietudes e vivendo a ressurreição prometida por Nosso Senhor Jesus Cristo.


    Aos familiares desejamos a devida conformação. Que os momentos vividos com ele sejam ativos nas lembranças de
todos, se transformando em


eternas saudades.
   

Muito obrigada, Edson, pelo trabalhado e pelo amor dedicados à nossa São João dos Patos.
    Siga em paz!

Por: Vera Cipriano

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!