Diferença do preço de tarifas entre um banco e outro chega a quase 500%
26/05/2023 07:41 em Nacionais

Tarifas bancárias chegam a custar quase 500% mais caro de um banco para o outro.

Por regra, os bancos devem oferecer aos correntistas quatro pacotes com os mesmos serviços.

E o Procon de São Paulo analisou os custos desses serviços padronizados em seis das principais instituições financeiras do país: Banco do Brasil, Bradesco, Caixa, Itaú, Safra e Santander.

Foram considerados valores vigentes em 2 de junho de 2022 e em 4 de maio deste ano.

Os valores que serviram de base para a comparação foram coletados nos próprios sites das instituições financeiras. O órgão de defesa do consumidor constatou que, entre o ano passado e este ano, todos os bancos que fazem parte da pesquisa aumentaram o valor de suas tarifas

Em relação aos 4 pacotes de serviço, a maior diferença encontrada foi de 53% no chamado pacote padronizado IV: enquanto no Itaú o valor praticado era de R$ 53,50, no Banco Safra custava R$ 35,00.

Já em relação aos serviços prioritários, como são classificadas operações como emissão de 2ª via de cartão e emissão de cheque administrativo, entre outros, a diferença de um banco para outro beira 500%.

Nesse quesito, a maior diferença encontrada foi de 492% na tarifa “Transferência entre contas na própria instituição”. Pela operação, o Banco do Brasil cobra R$ 7,40; já no Safra, o cliente paga R$ 1,25.

Vale lembrar, antes de terminar, que todo consumidor tem direito de optar por um pacote de serviços essenciais nas instituições bancárias – pacote que deve ser oferecido gratuitamente pelo banco.

Entre os serviços que devem ser oferecidos no pacote essencial estão saques e emissão de extrato.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!