STF condena Collor por corrupção e lavagem de dinheiro; pena ainda será decidida, mas pode chegar a 33 anos
26/05/2023 07:38 em Nacionais

STF condena Collor por corrupção e lavagem de dinheiro; pena ainda será decidida

Fernando Collor é condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro em processo derivado da Lava Jato.

A decisão do STF levou em conta que Collor, antigo dirigente do PTB, foi responsável por fazer indicações políticas para a BR Distribuidora, uma subsidiária da Petrobras.

E que, pelo esquema, recebeu 20 milhões de reais em vantagens indevidas em contratos da empresa. Os pagamentos teriam ocorrido entre 2010 e 2014.

O placar do julgamento terminou com 8 votos a favor da condenação e dois contra.

Mas houve um impasse quanto à pena: 4 ministros votaram para condenar o ex-presidente por organização criminosa e 4 por associação criminosa.

Pelo crime de organização criminosa, o relator do caso, o ministro Edson Fachin, sugeriu uma pena de 33 anos e 10 meses de prisão.

Caso a sentença seja por associação criminosa, a pena será muito menor, de 1 a 3 anos de reclusão.

O julgamento será retomado na quarta, dia 31, para definir qual será a pena do ex-presidente.

Outros dois ex-assessores de Collor também poderão ser condenados no caso.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!