Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Richarlison brilha, marca golaço e Brasil estreia com vitória sobre a Sérvia
24/11/2022 18:03 em Nacionais

Camisa 9 decidiu o placar no segundo tempo com 2 a 0 depois de chuva de chances perdidas no primeiro tempo; próximo jogo é contra a Suíça na segunda-feira

seleção brasileira estreou com vitória contra a Sérvia por 2 a 0, pelo Grupo G. No jogo ‘mais difícil’ da chave para o Brasil, o time dominou a partida, perdeu muitas chances com Vinicius Jr. e Raphinha, mas Richarlison apareceu para brilhar e dar a vitória à seleção. Na zaga o Brasil foi seguro e os sérvios quase não chegaram à meta de Alisson. O primeiro tempo do jogo teve as duas seleções nervosas e errando passes. O Brasil teve mais oportunidades pelo lado esquerdo, com Vinícius Jr., mas pecou muito na finalização. Casemiro tentou um chutou de longe, mas o goleiro Milinkovic-Savic defendeu. Já a Sérvia se valeu do tamanho do atacante Mitrovic e insistiu nas bolas aéreas. As ações ofensivas foram mais pelo lado direito, principalmente aproveitando passes errados do Brasil. A melhor chance do Brasil foi aos 26 minutos, quando Thiago Silva deu passe milimétrico para Vini e o goleiro tirou a bola do pé do atacante. Logo no início do segundo tempo, Milinkovic-Savic saiu jogando errado e Raphinha roubou, ficou de frente pro gol, mas chutou em cima do goleiro. A seleção continuou dominando as ações, mas ainda tinha dificuldades na definição. A Sérvia só chegou aos 13 minutos em cobrança de escanteio, mas a zaga brasileira afastou. Aos 59, Alex Sandro chutou de longe e acertou a trave.

Aos 16, Richarlison aproveitou rebote do goleiro sérvio após chute de Vinícius Jr. e abriu o placar. A vantagem do Brasil fez a Sérvia promover mudanças e eles foram pra cima. Mas aos 27, Richarlison recebeu na grande área, ajeitou e ampliou de voleio, para a alegria dos torcedores que lotaram o Lusail.  Na sequência, Tite trocou Paquetá por Fred e Vini Jr. por Rodrygo. Aos 33, Richarlison saiu ovacionado para a entrada de Gabriel Jesus. Neymar também saiu para a entrada de Antony. No banco de reservas, o camisa 10 apareceu com gelo no pé e bastante abatido. Mais solta, a seleção ainda acertou uma bola na trave com Casemiro. O último a sair foi Raphinha, substituído por Gabriel Martinelli. A vitória deixa a seleção empatada com a Suíça, ambas com 3 pontos, mas à frente pelo saldo de gols. Na próxima segunda-feira, 28, as duas seleções se enfrentam às 13h (horário de Brasília) e quem vencer garante classificação às oitavas.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!