Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
SETE DETENTOS DA UPR DE BACABAL SÃO AUTUADOS EM FLAGRANTE PELA POLÍCIA CIVIL POR TENTATIVA DE DUPLO HOMICÍDIO, RACISMO POR ORIENTAÇÃO SEXUAL E IDENTIDADE DE GÊNERO
20/06/2022 11:40 em Estaduais


Na madrugada desta segunda-feira(20), a Polícia Civil do Maranhão autuou em flagrante sete homens pelos crimes tentativa de duplo homicídio qualificado por motivo torpe, racismo por orientação sexual e identidade de gênero, motim de presos e associação criminosa. Os presos são detentos da Unidade Prisional e de Ressocialização (UPR) da cidade de Bacabal.

De acordo com a 16ª Delegacia Regional de Bacabal, os indivíduos tentaram contra a vida de dois internos na Unidade Prisional, por supostamente, ambos ter tido relações sexuais homoafetivas dentro das dependências de uma das celas. Os indivíduos, em comum acordo, tentaram ceifar a vida das vítimas o que somente não ocorreu por circunstâncias alheias à vontade dos mesmos.

O delegado Eder Jacoboski informou que, os detentos investigados utilizaram barras de ferro para tentar matar as vítimas, que conseguiram se desvencilhar e correram em direção à grade de saída do pavilhão pedindo ajuda aos policiais penais. Os policiais penais, utilizando de procedimentos não letais conseguiram impedir que houvesse a esganadura e o esmagamento dos corpos das vítimas.

Os conduzidos, utilizaram de colchões e blocos de concreto utilizados nas bases das camas das celas para imprensar as vítimas e asfixiá-las contra as grades de um dos pavilhões do referido presídio. Diante da quantidade de concreto que pressionavam os corpos das vítimas, o Corpo de Bombeiros e o SAMU foram acionados. O Corpo de Bombeiros cortou algumas barras das grades que dão acesso à saída do pavilhão para que pudessem salvar a vida de ambas as vítimas.

Ainda segundo com o delegado, pelo fato de não terem conseguido assassinar as duas vítimas, os investigados iniciaram uma rebelião na referida UPR, tendo sido contida pela Polícia Penal.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!