Em partida épica, Croácia bate Inglaterra e faz sua primeira final
11/07/2018 - 18h00 em Nacionais

Pela primeira vez em sua curta história, a Croácia conseguiu se classificar para uma decisão de Copa do Mundo. Nesta quarta-feira (11), no estádio de Luzhniki, em Moscou, a seleção do leste europeu bateu a Inglaterra na prorrogação, após empate em 1 a 1 no tempo normal, e vai encarar a França no próximo domingo (15), ao meio-dia.

O placar do duelo foi aberto aos quatro minutos de jogo por Kieran Trippier, cobrando falta. Após um primeiro tempo abaixo, os croatas conseguiram dominar os ingleses e deixaram tudo igual na etapa final com o meia Ivan Perisic. A vitória acabou saindo apenas na prorrogação, com o atacante Mario Mandzukic.

Essa foi a terceira prorrogação que a Croácia disputou no mundial da Rússia, e pela primeira vez conseguiu avançar sem a disputa de pênaltis. Nas oitavas e quartas de final, contra Dinamarca e Rússia, respectivamente, a classificação saiu após o tempo extra, na disputa de penalidades.

1º tempo

Sem surpresas na escalação, a Inglaterra começou a partida pressionando a Croácia. E a seleção comandada por Gareth Southgate acabou sendo recompensada. Aos 3 minutos, Dele Alli foi derrubado na entrada da área e o árbitro marcou falta. Na cobrança, Trippier mandou no ângulo de Subasic e abriu o placar em Moscou.

Mesmo com o gol, a Inglaterra seguiu no ataque. E em duas cobranças de escanteio, Maguire quase ampliou para os ingleses de cabeça, mas acabou mandando para fora. A Croácia conseguiu responder somente depois dos 15 minutos, com Rebic e Perisic arriscando chutes de longa distância, mas sem sucesso também.

Aos 30, após Lingard e Dele Alli trocarem passes na entrada da área, a bola sobra para Kane, que saiu na frente de Subasic. O goleiro croata fez a defesa e o camisa 9 da Inglaterra insistiu, chutando na trave. Para a sorte do artilheiro da Copa do Mundo, o auxiliar havia assinalado impedimento.

No lance seguinte, foi a vez da Croácia chegar com perigo. E dessa vez o lance estava valendo. Modric, até então apagado na partida, fez boa jogada pelo lado direito, e tocou para Rebic, que cruzou para Perisic. Stones se antecipou o cortou. Na volta, o camisa 18 bateu de primeira para a boa defesa de Pickford.

Nos minutos finais da primeira etapa, os croatas voltaram a assustar. O lance nasceu após uma saída errada da defesa da Inglaterra. Rakitic ficou com a bola no lado esquerdo do ataque, limpou a marcação de Walker com um lençol, mas ao chutar acabou sendo travado e a bola ficou fácil para o camisa 1 inglês.

2º tempo

A Croácia voltou para a etapa final do confronto contra a Inglaterra em busca do empate. E diferente do que aconteceu nos primeiros 45 minutos da partida, os croatas esboçaram uma pressão sobre os adversários, adiantando as suas linhas de marcação e dificultando a saída de bola dos ingleses.

Mas, aos poucos, a Croácia voltou a colocar a bola no chão e pelo lado encontrou espaço para atacar. Tanto que aos 22, Vrsaljko recebeu na direita e levantou na área. Perisic se antecipou a marcação e desviou a bola para o fundo da rede igualando o marcador.

O gol foi sentido pelos ingleses e animou os croatas, que seguiram no campo de ataque. Três minutos depois do empate, Perisic aproveitou um vacilo de Stones, entrou na área e bateu cruzado. A bola explodiu na trave de Pickford e foi afastada pela defesa na sequência, para desespero da Croácia.

Os zagueiros da Inglaterra seguiram errando. Aos 33, Trippier recuou errado para o goleiro Pickford e Rebic quase recuperou a bola. Aos 38, foi a vez do camisa 1 inglês sair mal do gol e deixar a bola nos pés de Rakitic, que mandou por cima, desperdiçando a última boa chance de gol na etapa final.

Tempo extra

A Inglaterra iniciou a prorrogação com uma posse de bola maior, tendo o controle do jogo. Tanto que a primeira chance de gol no tempo extra foi dos ingleses. Aos oito, em cobrança de escanteio, Stones subiu mais alto que a marcação para cabecear no canto de Subasic. O goleiro contou com a ajuda de Vrsaljko, para tirar em cima da linha.

Aos 16 minutos foi a vez da Croácia assustar, com Mandzukic chegando dentro da área para finalizar, após cruzamento de Perisic. No entanto, no momento do chute, o camisa 17 acabou sendo travado pelo goleiro Pickford.

Na volta para a segunda parte do tempo extra, foi a Croácia que começou no ataque. Aos dois minutos, Rakitic cobrou escanteio curto e Brozovic apareceu sozinho para bater de primeira. A bola foi para fora. No lance seguinte, os croatas conseguiram marcar. Perisic ganhou disputa de cabeça no alto e a bola sobrou para Mandzukic, que bateu cruzado para o fundo da rede.

Após sofrer a virada, o desespero tomou conta dos ingleses, que passaram a abusar das bolas levantadas na área. No entanto, a defesa da Croácia conseguiu cortar todas as chances, com os zagueiros bem postados e as boas saídas do goleiro Subasic.

FONTE: JOVEM PAN

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!