SINPROED EMITE NOTA DE REPÚDIO PELO NÃO CUMPRIMENTO DO REAJUSTE SALARIAL DE 4,17% NO MÊS DE JANEIRO COMO MANDA A LEI
06/02/2019 15:36 em Locais

O sindicato dos professores da rede municipal de ensino de São João dos Patos emitiu nota de repúdio em relação ao não cumprimento por parte da atual gestão sobre o reajuste salarial estabelecido por lei de 4,17%.

Segundo o assessor de comunicação, João Jardel o reajuste teria que ser repassado já no mês de janeiro mas segundo uma conversa do sindicato com a prefeita,a mesma alegou falta de tempo para fazer uma previsão orçamentária para que fosse repassado no primeiro mês  do ano. Veja a nota na íntegra:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O SINPROED/SJP (Sindicato dos Profissionais em Educação do Município de São João dos Patos – MA), manifesta seu descontentamento junto ao Executivo Municipal por descumprir a Lei 11.738/08 (Lei do Piso Nacional do Magistério) e não repassar, aos professores da rede municipal de educação, o reajuste de 4,17% estabelecido para 2019. Conforme a legislação federal esse percentual passa a vigorar a partir do dia 1º de janeiro do ano em curso. Questionada sobre o fato de não se aplicar a lei do piso, a prefeita disse: “Não tivemos tempo para fazer o planejamento financeiro de 2019, mas que no próximo mês repassaremos o reajuste à categoria”. Em sua fala, a prefeita não deixou claro se o reajuste será integral e retroativo a janeiro.

Na noite de ontem, durante um evento realizado pela (SEMED) Secretaria Municipal de Educação, a senhora Gilvana Evangelista, prefeita de São João dos Patos, afirmou aos presentes que o 1/3 de férias referente a 2018 e o salário de janeiro estarão creditados em conta na próxima quinta-feira, dia 7 de fevereiro, mas sem o reajuste do piso do magistério.

Fonte:SINPROED

POR LEANDRO NOLETO

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!