POLÊMICA: PRÉDIO DA OAB DE SÃO JOÃO DOS PATOS PODE TER SIDO SUPERFATURADA EM QUASE O DOBRO DO PREÇO ORIGINAL
08/11/2018 16:52 em Locais

Prestes às eleições que vão escolher o próximo presidente da OAB-MA, uma polêmica volta à tona envolvendo o município de São João dos Patos. Ocorre que o atual presidente da ordem e candidato à reeleição Tiago Diaz está sendo acusado por alguns pares de ter superfaturado a obra da subseção patoense que foi inaugurada com muita pompa e repleta de badalação no dia 11 de abril de 2018.


A cerimônia foi repleta de figurões da advocacia nacional como o presidente nacional da Ordem, Carlos Lamachia, o ex-presidente Marcus Vinícius Furtado que é natural de Paraibano, além do então presidente da Ordem do DF e hoje governador eleito também do DF, Ibaneis Rocha, dentre outras autoridades.

A denúncia foi levada ao conhecimento público pelo conselheiro da OAB, José Alencar, eleito na mesma chapa de Thiago Diaz em 2015. Alencar denunciou em várias redes sociais, um suposto esquema de superfaturamento na obra de construção da sede de São João dos Patos.
 
Alencar alegou que a obra, cujo valor inicial destinado pelo Conselho Federal foi de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais), teve um inexplicável aditivo solicitado pelo presidente Thiago Diaz de R$ 289.000,00 (duzentos e oitenta e nove mil reais), quase o dobro do valor inicial.


Alencar disse ainda, o que piora ainda mais as coisas para Diaz, que a Secretária-Adjunta da OAB/MA, Alice Salmito, se recusou a assinar o aditivo, argumentando que, de acordo com laudo pericial, o valor inicial seria mais que suficiente para a conclusão da obra. Não satisfeito, Thiago Diaz teria convocado o Secretário-Geral, Adailton, de Imperatriz, para assinar em conjunto um aditivo de R$ 198.000,00 (cento e noventa e oito mil reais). 
 
 
Fonte: Blog do Clodoaldo Correa/Cristiana França
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!