Em Imperatriz, Roseana perde até para Maura Jorge e escancara fraqueza do prefeito Assis
08/10/2018 17:00 em Estaduais

A ex-governadora Roseana Sarney saiu das urnas em 2018 com sua carreira política encerrada de forma melancólica. Mas o seu fracasso pode levar também alguns aliados para o mesmo rumo em 2020. Como o prefeito de Imperatriz, Assis Ramos, que conseguiu fazer ela perder até para Maura Jorge na cidade.

Em Imperatriz, Flávio Dino confirmou a boa avaliação do seu governo na cidade e saiu das urnas com 69,65% dos votos. Em segundo lugar, surpreendentemente, Maura Jorge apareceu com 15,93%.

Em terceiro, Roseana marcou vexatórios 11,14%, e confirmou que, apesar de 14 anos à frente do Maranhão, nunca trabalhou pela cidade. A resposta veio das urnas, apesar do empenho do prefeito Assis Ramos, que apareceu em programas de TV pedindo votos para ela e atacando Flávio Dino, a quem até outro dia elogiava.

O reflexo da fraqueza do prefeito-delegado pode ser medido também pelo Senado. Enquanto os mais votados foram os senadores de Flávio Dino, Weverton e Eliziane, os sarneyzistas Edison Lobão e Sarney Filho, que tinham o apoio de Assis, conseguiram ficar atrás ainda de Samuel de Itapecuru e Alexandre Almeida.

O resultado das urnas de Imperatriz em 2018 ligam um sinal de alerta nas pretensões de reeleição de Assis Ramos.

Por Leandro Miranda

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!