“Esta vitória é de todo nós”, diz Flávio Dino diante de multidão ao festejar a reeleição
08/10/2018 16:17 em Estaduais

O povo apareceu e fez a festa. Assim foi a comemoração do governador reeleito Flávio Dino, do vice reeleito Carlos Brandão e dos senadores eleitos Weverton Rocha e Eliziane Gama na Praça Dom Pedro II, no centro de São Luís, na noite deste domingo (7). Flávio teve mais de 59% dos votos na eleição, vencendo a disputa no primeiro turno.

Para o Senador, Weverton Rocha teve 35% e Eliziane Gama, 27%. Ambos derrotaram os candidatos da oligarquia.

“Muito obrigado a todo o povo do Maranhão, porque essa vitória é de todos nós. Eu estou feliz acima de tudo porque obtivemos aqui o reconhecimento de uma forma de governar. Se fosse para termos ocupado o Palácio dos Leões para repetir tudo aquilo que vivemos no passado, não precisava da nossa presença. Estamos felizes porque mudamos a vida de milhões de pessoas mais pobres do Maranhão”, disse Flávio.

Agradecimentos

“A nossa campanha foi conduzida pelos beneficiários da nossa ação de governo. Quero agradecer aos aluninhos pequenininhos do Programa Escola Digna, porque eles não votaram em mim, mas o pai, a mãe, a avó, o tio votaram.”

“Quero agradecer aos idosos do Maranhão, que aprenderam a escrever pela primeira vez com o programa Sim, Eu Posso!. Quero agradecer as pessoas com deficiência que andaram no Travessia”, acrescentou.

E mais: “Quero agradecer aos jovens porque a juventude pensa com o coração. E nunca teve dúvida de votar no 65, em Flávio Dino. Quero agradecer aos policiais, à Fesma, que foi lá onde ninguém nunca foi, ao Cidadão do Mundo”.

De acordo com ele, “meu coração é só gratidão. Estou feliz não porque a gente ganhou a eleição, mas porque a

gente fez um governo decente, honesto e justo; e ganhamos a eleição assim”

.

Eleição presidencial

Flávio Dino afirmou também que vai participar ativamente do segundo turno presidencial.

“Há uma questão democrática grave no país, e essa questão se expressa aqui no Maranhão. Os grupos de comunicação atuam em favor dos poderosos, e enfrentamos aqui neste estado quatro anos de perseguição cruel. Tudo de bom neste estado foi escondido para atender os caprichos da oligarquia, hoje derrotada para sempre”, disse.

“E essa questão se incide sobre o debate nacional. Por isso estou com Haddad no segundo turno. E vou fazer campanha com toda a determinação e coragem para Haddad ganhar a eleição. Quero convidar vocês: na quinta-feira a gente vai botar a campanha de Haddad na rua.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!