Lobão barra sessão da CCJ que votaria prisão de condenados em segunda instância
11/07/2018 - 18h13 em Estaduais

O senador maranhense Edison Lobão, presidente da CCJ do Senado, cancelou a sessão desta quarta-feira, 11, da Comissão, cujo item 2 da pauta era o projeto que explicita a prisão de condenados em segunda instância.

 

A secretaria do colegiado não divulgou o motivo do cancelamento da sessão. Apenas confirmou que ele se deu a pedido de Lobão. As manobras para impedir a votação do projeto já duram mais de um mês.

 

Lobão não pode nem alegar falta de quórum, já que 16 senadores – entre titulares e suplentes – já tinham registrado presença no colegiado.

 

Pelo regimento do Senado, a abertura da sessão precisaria apenas de seis senadores com presença registrada. Também já havia número suficiente de parlamentares para iniciar votações.

 

De acordo com o portal O Antagonista, Edison Lobão já chegou ao Senado hoje decidido a cancelar a sessão.

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!