Nina Melo solidariza-se com família de jovem morta em Colinas e cobra providências
17/02/2016 19:20 em Estaduais

A deputada Nina Melo (PMDB) subiu à tribuna na sessão desta terça-feira (16) para se solidarizar com a família da jovem Shislene Araújo, de 28 anos, que era técnica em limpeza do ‘Hospital do Arnaldo’, como é conhecido o Hospital Nossa Senhora da Consolação, em Colinas. A jovem foi assassinada na noite de ontem (15), durante tiroteio entre policiais militares e assaltantes de bancos que atam na região do Médio Sertão.

Nina Melo afirmou que durante a noite desta segunda-feira, a cidade de Colinas sentiu o caos e o horror que já tinha vivenciado anteriormente e que vêm se repetindo em municípios do Médio Sertão maranhense, a exemplo de Passagem Franca, Buriti Bravo, Paraibano e Parnarama.

Segundo a deputada, em decorrência da ação de marginais, o município de Passagem Franca continua até hoje sem agência bancária. Na ação de violência, ocorrida há meses atrás, os assaltantes usaram a mesma prática que foi adotada em Colinas, explodindo a agência bancária.

“Agora, os moradores de Passagem Franca têm que se deslocar para Paraibano e Buriti Bravo, que também já tiveram suas agências bancárias explodidas”, disse Nina.

A deputada Nina Melo reafirmou em seu discurso que os maranhenses e a classe política não podem e não devem se conformar com a qualidade da Segurança Pública existente no Estado. “Eu venho, também, solicitar ao secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, que aumente o contingente do destacamento existente na cidade de Colinas e São João dos Patos. Quem sabe, assim, haverá menos vítimas do crime em nosso estado”, destacou a parlamentar.

 

COMENTÁRIOS